Main Article Content

Resumo

O SARS-CoV-2 – vírus causador da COVID-19 é capaz e, por vezes, levar a um quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo esse um dos fatores que fizeram-na ser declarada como emergência em saúde pública mundial pela OMS (Organização Mundial de Saúde). O objetivo desta pesquisa foi avaliar os casos testados positivos para SARS-CoV-2 em trabalhadores da área da saúde no estado do Amapá, Brasil, entre março e maio de 2020. A pesquisa quantitativa e qualitativa foi realizada com dados divulgados pelo governo do estado do Amapá, Brasil, através do Informe Epidemiológico COVID 19 Nº 31 SVS/GEA, edição nº 04 NVST/CEREST/DEVS/SVS, com dados entre março e maio de 2020. Grande número de profissionais da saúde está sendo afastados temporariamente do trabalho por conta de contaminação pelo SARS-CoV-2. Em vista disso, nota-se a necessidade do uso abrangente e correto dos EPIs, além de treinamento para os profissionais, com o intuito de capacitá-los para que lidem da melhor forma possível com esse cotidiano e ambiente hospitalar, de modo a diminuir a taxa de contaminação desses trabalhadores da saúde.

Article Details

Como Citar
VIANA DENDASCK, C.; DIAS, C.; FACCO, L.; FECURY, A.; SILVA, A.; OLIVEIRA, E.; ARAÚJO, M. Os CASOS POSITIVOS PARA SARS-COV-2 EM TRABALHADORES DA ÁREA DA SAÚDE NO ESTADO DO AMAPÁ, BRASIL, ENTRE MARÇO E MAIO DE 2020: ARS-COV-2. Revista Cientifica Multidisciplinar, v. 1, n. 01, p. 1, 18 jun. 2020.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##